fbpx

Organização financeira: 5 dicas para salvar o orçamento e ficar longe das dívidas!

A organização financeira é o primeiro passo para ficar bem longe das dívidas. Se o seu orçamento anda descontrolado e você não quer passar o ano inteiro no vermelho, é bom começar a rever as suas finanças. Para te ajudar, reunimos 5 dicas para organizar o seu orçamento e transformar 2021 no ano do seu sucesso financeiro!

Continue acompanhando o nosso artigo e confira as dicas a seguir:

1. Aprenda a identificar e diferenciar os seus gastos para uma organização financeira de sucesso

O segredo da organização financeira está no planejamento dos gastos. E, para isso, é preciso saber identificar e diferenciar as suas despesas. Se você está se perguntando por que essa etapa é tão importante, vamos te explicar agora!

Antes de mais nada, é preciso entender que existem os gastos essenciais e os gastos não essenciais. Os essenciais são aqueles que você não pode excluir da sua lista de despesas, como aluguel, contas de água e luz, e supermercado, por exemplo. Já os não essenciais são todos aqueles que, em momentos de aperto financeiro, você consegue cortar.

Para um orçamento equilibrado, é preciso dividir os seus ganhos entre os gastos essenciais, os não essenciais e, ainda, guardar uma quantia para uma reserva de emergência ou investimentos. Existem inúmeras fórmulas para dividir o salário em porcentagens e contemplar todos esses pontos, mas você precisa encontrar a que funcione melhor para você!

Dessa forma, é possível planejar o seu orçamento sem que nada fique de fora. Afinal, a vida não é feita apenas para pagar contas, não é mesmo? Também é importante ter uma parcela do seu dinheiro reservada para desejos pessoais e possíveis emergências.

2. Tente controlar os gastos por impulso

Você sabia que as compras por impulso podem ser um dos maiores sabotadores financeiros? Isso porque, em grande parte, são os pequenos gastos no dia a dia que, somados no final do mês, fazem uma enorme diferença na sua conta bancária…

Quantas vezes você já foi ao supermercado, por exemplo, e voltou com muitos itens extras desnecessários? Esse é um exemplo clássico de gastos por impulso que parecem inofensivos. Quando isso acontece, a sua conta sempre fica muito mais alta do que o planejado, certo?

Por isso é essencial criar listas de prioridades ao sair para as compras. Não apenas no supermercado, mas em shoppings e outros ambientes de compras. Evite comprar o que você não precisa! Esse hábito poupa muito dinheiro e te ajuda a manter as finanças organizadas.

3.  Guarde o cartão de crédito para momentos de necessidade

Se você está precisando se organizar, pode ser uma boa ideia deixar o cartão de crédito guardado na carteira. Isso porque, para pessoas menos controladas financeiramente, ele pode ser um inimigo poderoso.

De forma geral, quando bem usado, o cartão de crédito tem inúmeras vantagens, como milhas, descontos em cinemas, shows etc. Mas, se você está com dívidas por conta dele, ou querendo reduzir os gastos, uma boa ideia é se organizar para fazer todos os pagamentos à vista por um tempo.

Dessa forma, é possível controlar melhor os gastos e não se perder em parcelas infinitas.

Organização financeira

4. Monitorar os gastos é o segredo da organização financeira

Este é, provavelmente, um dos passos mais importantes da organização financeira. Afinal, só é possível cortar gastos e reduzir despesas sabendo para onde o seu dinheiro está indo, certo?

Para organizar o orçamento, é preciso aprender a monitorar todos os seus gastos. E quando falamos todos, são realmente todos! Até mesmo o cafezinho diário. É importante anotar e ter o controle de tudo o que é gasto, pois só assim você conseguirá enxergar com clareza onde você gasta mais dinheiro.

Uma boa dica é contar com o auxílio de aplicativos de celular ou planilhas para ter um controle realmente eficaz. Dessa forma, é possível inserir todos os gastos praticamente no mesmo momento em que eles são feitos.

5. Opte por negociar as dívidas ao elaborar a sua organização financeira

A melhor forma de organizar de uma vez por todas a vida financeira, é negociando as suas dívidas! Afinal, normalmente as dívidas consomem grande parte do orçamento, fazendo com que todas as outras áreas sofram com privações.

As dívidas têm grande peso não só financeiro, mas também emocional. Fazer uma negociação de dívidas ajuda a encaixar o pagamento nas suas possibilidades financeiras e faz com que você consiga quitá-las de forma mais rápida.

Nada melhor do que se ver livre de uma dívida, não é mesmo?

Como negociar as suas dívidas com a Pherfiltec?

A boa notícia é que a Pherfiltec pode te ajudar na missão de negociar as suas dívidas! Depois de organizar todo o seu orçamento, o passo seguinte é fazer um acordo para quitar as suas pendências financeiras. E o melhor, com a Pherfiltec você pode negociar as suas dívidas de forma rápida, sem sair de casa.

Confira como é fácil:

Clique e acesse o site da Pherfiltec e preencha o seu CPF para consultar as dívidas pendentes. Em seguida siga as instruções abaixo:

  • Consulte seu CPF;
  • Escolha a melhor proposta para o seu bolso;
  • Gere um boleto ou pague com cartão de crédito.

Depois de seguir esses 3 passos em nosso site, tudo o que você precisa fazer é pagar o seu acordo em dia! Viu como é simples? E então, que tal contar com a Pherfiltec para te ajudar a organizar as contas?

Compartilhe:

Mais posts

Como economizar dinheiro

Como economizar dinheiro em 3 passos simples!

Já estamos em junho e você está vendo o seu dinheiro voar mais rápido que os meses do ano? Então que tal conferir como economizar dinheiro em 3 passos simples? Com organização e pequenas mudanças de hábito, você pode deixar a sua vida financeira mais saudável e terminar o ano bem longe do vermelho! Continue

Riachuelo

Descubra como negociar dívidas online com a Riachuelo

Segundo dados da pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor, realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços, o número de famílias endividadas subiu novamente em 2021. Ainda de acordo com a CNC, cerca de 80,5% das famílias entrevistadas relataram que os cartões são a principal modalidade de dívidas. Esse foi o segundo

Emoções

Como impedir que as emoções prejudiquem as suas finanças

Se você acompanha os nossos conteúdos, já sabe que as dívidas podem causar sérios impactos à saúde. Mas você já parou para pensar em como as emoções podem estar relacionadas à forma que você gasta o seu dinheiro? Alguns sentimentos, sejam eles positivos ou negativos, podem ser prejudiciais ao seu orçamento. Quantas vezes, em momentos

Rolar para cima