fbpx

Está com nome sujo? Saiba o que você pode e não pode fazer

Você está com nome sujo? Calma, apesar de ser uma dor de cabeça, você não é o único. Segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), e dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), nos últimos 18 meses, 48% dos consumidores brasileiros tiveram o CPF negativado nos últimos 12 meses em razão de dívidas em atraso.

Se você se encontra nesta situação, a gente te ajuda a amenizar um pouco a sua preocupação com o tema do texto de hoje. Mas, antes de começar, vale a pena ressaltar que algumas restrições listadas abaixadas, aplicadas para quem está com nome sujo, podem não ser válidas, além de variar de acordo com as regras de cada instituição.

Nome sujo: quais são as restrições?

 Abrir contas de banco

Como mencionado, esta regra vai depender da instituição financeira. Porém, na maioria dos casos, os bancos têm a liberdade de vetar a abertura de novas contas caso a pessoa esteja com o CPF negativo. Por isso, neste caso, o gerente responsável pela conta pode entender que você não honrará os pagamentos.

Mas atenção (e calma): Estar com o nome sujo não significa que a agência pode cancelar a sua conta!

Cancelamento de cheque e cheque especial

Quem está com nome sujo e precisa de cheque ou cheque especial pode sofrer restrições. Vale lembrar que esta regra varia e, em caso de nome sujo, é importante consultar o seu banco para não ter maiores surpresas quando os seus talões não utilizados forem cancelados.

Linha de crédito

Tudo o que se entende por linha de crédito, como por exemplo, financiamentos e empréstimos, costumam ser bem difíceis de conseguir para quem está no vermelho. A justificativa é a mesma do caso anterior: ter o CPF negativado apresenta um indício de que o cliente não vai conseguir se comprometer com os pagamentos.

No entanto, para você que está precisando de um empréstimo e no momento tem dívidas, a dica é tentar o consignado, já que ele é descontado diretamente da folha de pagamento.  

Aplicar para um emprego

Estar com nome sujo também pode impedir que você consiga novas oportunidades de emprego. Pelo menos é o que diz a lei! Em 2012, o Supremo Tribunal Federal, determinou que empregadores podem deixar de contratar uma pessoa caso ela esteja negativada.

nome sujo

Matrícula em universidades particulares

Se você passou em uma faculdade, mas está com nome sujo, atenção: universidades privadas conferem a situação financeira do interessado antes de aceitar a matrícula.

Em caso de nome sujo, a instituição de ensino pode rejeitar o pedido de matrícula.

O que posso fazer com o nome sujo?

Mesmo com o nome sujo, a lei permite que você faça algumas coisas quando você se encontra nesta situação. Porém, é importante ressaltar que quanto mais cedo você conseguir se livrar do vermelho, mais você evita maiores consequências futuras no bolso. Vamos aos pontos:

Utilizar cartão de crédito

Bancos e emissoras de cartões não podem cancelar seu cartão de crédito por conta do nome sujo.

Mas, lembre-se que o cartão de crédito é um dos principais motivos de dívida no Brasil. Sempre que puder, evite usá-lo quando estiver negativado!

Imagem que representa homem passando o cartão de crédito, que não pode ser cancelado quando você está com o nome sujo

Emissão de documentos

Em uma situação com o nome sujo, é permitido emitir passaporte, visto para alguns países e outros tipos de documentos.

Então, é importante lembrar que a emissão deles pode ter um custo elevado, então verifique se não pode fazê-lo depois de limpar o nome.

Como se livrar de vez do nome sujo?

Para se livrar de uma vez por todas do nome sujo é aconselhado que você negocie a sua dívida. Com valores atraentes, elas são uma boa saída para sair da situação!Além disso, a partir do primeiro pagamento, o nome fica limpo. 

Por fim, vale ressaltar! Não deixe a situação virar uma bola de neve. Empurrar a dívida com a barriga será ainda mais prejudicial. Tudo indica que ela deverá te atrapalhar até não ser mais possível.

Dito isso, aqui vai a dica final: quer renegociar a sua dívida e se livrar do nome sujo? Consiga descontos em sites confiáveis! A Pherfiltec oferece soluções inovadoras para facilitar a quitação de dívidas, favorecendo a relação entre credores e consumidores. Você consegue resolver a sua dívida em apenas três passos simples: 

  • Consultando o seu CPF de graça
  • Em seguida, escolhendo a melhor proposta par o seu bolso
  • Por fim, chegou a hora do pagamento: por boleto ou cartão de crédito

Ganhe até 85% de desconto para sair do vermelho! Clique aqui para saber mais.

Compartilhe:

Mais posts

Negociar dívidas com a Avon

Entenda como negociar dívidas com a Avon de forma online e com desconto

De acordo com informações do Banco Central, o índice de endividamento bateu recorde no Brasil em 2020. Entretanto, contrapondo as estatísticas, a inadimplência recuou. Se você está se perguntando como isso é possível, saiba que muitos devedores estão optando por métodos alternativos para pôr as contas em dia. Entre eles, o mais utilizado é o

Negociar as dívidas

Conheça as vantagens de negociar as dívidas

Ainda estamos em fevereiro, mas você já está preocupado com as contas acumuladas? Sabemos que quando as dívidas batem na porta, pode ser difícil encontrar uma saída para se livrar delas. E o mais importante: de uma forma que caiba no orçamento. Uma boa solução para essa situação é negociar as dívidas!  A negociação de

Vida financeira saudável

5 benefícios de uma vida financeira saudável

Até pouco tempo atrás, a educação financeira não era um tema amplamente discutido. Como resultado disso, vemos gerações que não sabem administrar suas finanças e manter uma vida financeira saudável. O que gera um enorme problema, pois muitas pessoas não têm o conhecimento necessário para cuidar do seu dinheiro e, dessa forma, acabam se endividando. 

Dívidas

Descubra os impactos que as dívidas podem causar à saúde

As dívidas não são um problema que afeta apenas o financeiro. Em muitos casos, a situação do devedor pode tomar uma proporção tão grande que gera complicações, inclusive, à saúde. Atualmente, cerca de 66,3% dos consumidores brasileiros estão endividados, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio

Rolar para cima