fbpx

Entenda os perigos de uma dívida caduca

Você provavelmente já ouviu falar que uma dívida caduca após 5 anos, certo? Mas você sabe o que isso quer dizer exatamente? Ao contrário do que muitas pessoas acreditam, após esse tempo o débito não prescreve e simplesmente deixa de existir. Inclusive, dependendo do caso, se você não fizer a quitação da dívida, continuará sendo cobrado e ainda pode ter consequências com a inadimplência. 

Neste artigo da Pherfiltec, saiba os problemas que uma dívida prescrita pode causar. Além disso, descubra quais são as suas opções de negociação para quitar a dívida. Continue lendo!

O que é dívida caduca?

Uma dívida caduca é aquela que tem mais de cinco anos. Isso acontece porque, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), após esses cinco anos, ninguém pode continuar tendo restrições à obtenção de crédito. Ou seja, o nome do devedor não fica mais negativado nos órgãos de proteção de crédito, como o SPC e Serasa

Não é complicado achar alguém que tenha optado por deixar a dívida caducar. Muitas pessoas o fazem na esperança de se livrar do débito. Contudo, essa é uma prática nociva para o inadimplente. E pode gerar aumento de juros e dificuldade para conseguir linhas de crédito.

Para que todas as dívidas não se transformem em uma bola de neve, deve-se ter uma boa educação financeira, bem como planejamento. Mesmo para quem já possui débitos, isso é essencial para manter uma vida financeira mais organizada e saudável.

Saiba o que acontece quando a dívida caduca

Quando a dívida caduca, você fica com o seu nome limpo. Isso porque ele não pode aparecer na base de dados dos serviços de proteção ao crédito. Ou seja, quem consultar o seu nome nesses serviços não encontrará nenhuma pendência.

No entanto, é preciso ter em mente que isso não significa que a dívida não pode mais ser cobrada via ação judicial. Afinal, ela não vai simplesmente deixar de existir e sumir do sistema. Aliás, muito pelo contrário! 

Embora ela não esteja mais visível para as outras empresas, com o credor a pendência continua em aberto. E, inclusive, pode continuar crescendo. Assim, a empresa para a qual você deve não deixará de te cobrar. 
Além disso, mesmo com o seu CPF regularizado nos órgãos de proteção de crédito, o mercado tem controle do seu histórico de consumo. Ou seja, embora a dívida tenha caducado, ela pode te prejudicar no futuro. Isso porque o seu score fica prejudicado. E se a sua dívida for com uma instituição financeira, as coisas ficam ainda mais difíceis.

Vale a pena esperar esses cinco anos? 

A resposta é não! Em primeiro lugar, porque você terá muitos problemas e uma série de restrições ao longo dos primeiros cinco anos. Porém, mesmo que o seu nome vá ficar limpo depois, existem diversas outras questões que você deve pensar.

Por exemplo, caso você esteja devendo para uma instituição financeira. Pois se a dívida caducar ou mesmo se você pagá-la, ela ainda ficará registrada no Serviço de informações de Crédito do Banco Central. Se isso acontecer, as suas chances de conseguir crédito se tornam baixas. 

Ou seja, você terá menos chances de conseguir um cartão de crédito. Para financiar uma casa ou um carro também será muito mais difícil. O mesmo vale para se você precisar de dinheiro para alguma emergência.

Confira quais são as opções de negociação para quitação da dívida

Como mencionado anteriormente, a dívida caduca significa que você não pode mais ficar com o nome sujo por causa dela. Entretanto, se o credor entrar na justiça, você ainda pode ser obrigado a pagá-lo. Mas já pensou em negociar e pagar dívida pela internet, sem sair de casa? Com um parceiro reconhecido no mercado, como a Pherfiltec, isso é possível!

E o melhor de tudo: é super fácil de negociar! Confira:

  • Consulte seu CPF (é de graça!);
  • Escolha a melhor proposta para o seu bolso;
  • Gere um boleto ou pague com cartão de crédito.

Com apenas esses 3 passos, agora é só não deixar passar o prazo e pagar o seu acordo em dia. E você ainda consegue parcelar o seu boleto. Para isso, basta informar o código de barras, selecionar o número de parcelas e inserir os dados do cartão de crédito. Viu como é fácil, rápido e seguro?

Compartilhe:

Mais posts

Negociar dívidas com a Avon

Entenda como negociar dívidas com a Avon de forma online e com desconto

De acordo com informações do Banco Central, o índice de endividamento bateu recorde no Brasil em 2020. Entretanto, contrapondo as estatísticas, a inadimplência recuou. Se você está se perguntando como isso é possível, saiba que muitos devedores estão optando por métodos alternativos para pôr as contas em dia. Entre eles, o mais utilizado é o

Negociar as dívidas

Conheça as vantagens de negociar as dívidas

Ainda estamos em fevereiro, mas você já está preocupado com as contas acumuladas? Sabemos que quando as dívidas batem na porta, pode ser difícil encontrar uma saída para se livrar delas. E o mais importante: de uma forma que caiba no orçamento. Uma boa solução para essa situação é negociar as dívidas!  A negociação de

Vida financeira saudável

5 benefícios de uma vida financeira saudável

Até pouco tempo atrás, a educação financeira não era um tema amplamente discutido. Como resultado disso, vemos gerações que não sabem administrar suas finanças e manter uma vida financeira saudável. O que gera um enorme problema, pois muitas pessoas não têm o conhecimento necessário para cuidar do seu dinheiro e, dessa forma, acabam se endividando. 

Dívidas

Descubra os impactos que as dívidas podem causar à saúde

As dívidas não são um problema que afeta apenas o financeiro. Em muitos casos, a situação do devedor pode tomar uma proporção tão grande que gera complicações, inclusive, à saúde. Atualmente, cerca de 66,3% dos consumidores brasileiros estão endividados, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), realizada pela Confederação Nacional do Comércio

Rolar para cima