fbpx

5 benefícios de uma vida financeira saudável

Até pouco tempo atrás, a educação financeira não era um tema amplamente discutido. Como resultado disso, vemos gerações que não sabem administrar suas finanças e manter uma vida financeira saudável. O que gera um enorme problema, pois muitas pessoas não têm o conhecimento necessário para cuidar do seu dinheiro e, dessa forma, acabam se endividando. 

Não é raro ouvirmos histórias de pessoas que não conseguem organizar suas finanças e acabam com muitas dívidas, não é mesmo? E isso é uma consequência do desconhecimento a respeito de finanças. Atualmente, notamos um movimento de pessoas, em especial jovens, buscando conhecimento a respeito do tema para garantirem a saúde financeira. 

Quando falamos de vida financeira, não falamos apenas de dinheiro. Falamos sobre segurança, independência e estabilidade. Quer entender melhor os benefícios de uma vida financeira saudável? Continue acompanhando o artigo.

“Será que eu tenho uma vida financeira saudável?”

Antes de mais nada, que tal aprendermos a identificar uma vida financeira saudável? Questionar-se a respeito disso é muito comum, pois grande parte da população não sabe o que é uma vida financeira saudável.

Inicialmente, podemos dizer que uma vida financeira saudável se resume em estabilidade. Para alcançarmos esse patamar, precisamos ser capazes de arcar com os nossos gastos rotineiros sem surpresas no final do mês, e também com gastos relacionados à satisfação pessoal, como sonhos, desejos e objetivos.

Quando temos uma vida financeira saudável, nos sentimos seguros para programar gastos futuros sabendo que teremos condições de bancar os compromissos financeiros assumidos. Isso é muito importante, pois garante um nível mais alto de satisfação pessoal.

Devemos frisar que não se trata de viver em função do dinheiro, mas de saber organizá-lo. Dessa forma, evita-se o endividamento e problemas futuros que poderiam ter sido previstos, caso houvesse um melhor planejamento financeiro. Uma vida financeira saudável se trata, basicamente, de planejamento e organização para se manter sempre fora do vermelho.

Bom, agora que sabemos o que é uma vida financeira saudável, que tal conhecermos alguns benefícios dessa prática?

1.   Relação mais saudável com o dinheiro

Muitas vezes, as compras são usadas como válvula de escape e podem, facilmente, se transformar em compulsão. Quantas vezes você pensou que teve um dia difícil e merecia uma recompensa? Imaginamos que pelo menos algumas, estamos certos? Esse sistema de recompensa criado em nosso cérebro atrapalha a nossa relação com o dinheiro.

Estabelecer um controle financeiro é muito importante para frear o impulso de gastar. Dessa forma, é possível aprender a avaliar o que é realmente necessário, fazendo pequenos ajustes quando preciso para encaixar os desejos dentro da realidade financeira.

Dessa maneira, é possível construir uma relação mais saudável com o dinheiro, deixando de comprar por impulso e eliminando sentimentos de culpa gerados por gastos descontrolados. Além disso, você também contribui para manter a sua vida financeira saudável e longe de dívidas.

2.   Redução do estresse e da ansiedade

Poucas coisas podem ser tão estressantes quanto ver as dívidas se acumulando e não saber como irá pagá-las, não é mesmo? A falta de dinheiro é um dos fatores responsáveis por aumentar o estresse e a ansiedade, e pode impactar de forma significativa a saúde mental e física. 

A questão é que, muitas vezes, a má administração do dinheiro é o fator determinante para ele sobrar ou faltar no final do mês. Ou seja, a falta de controle financeiro é responsável pela situação de endividamento que desencadeia picos de estresse e ansiedade.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo SPC (Serviço Nacional de Proteção ao Crédito) em parceria com a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), cerca de 69% dos entrevistados que estavam inadimplentes começaram a apresentar sintomas de ansiedade após contraírem dívidas.

Além disso, ainda segundo o levantamento, as dívidas também causaram aumento dos níveis de estresse nos devedores em 64%, e geraram sentimentos de culpa, desânimo, baixa autoestima e angústia.

Uma situação de endividamento pode gerar diversos “efeitos colaterais”. Por isso, a melhor saída é se planejar para alcançar uma vida financeira saudável.

3.   Melhora na qualidade de vida

Não há nada pior do que trabalhar horas a fio e, mesmo assim, chegar ao final do mês e ver que o salário não foi suficiente para cobrir as suas despesas. Esse sentimento gera muita frustração, em especial ao comparar quanto tempo é gasto no trabalho e quanto tempo sobra para desfrutar de hobbies e atividades que você realmente gosta.

Manter uma vida financeira saudável possibilita que você equilibre o seu tempo e invista mais horas do seu dia em atividades prazerosas, e menos buscando formas de conseguir renda extra, aumentando assim a sua qualidade de vida.

Vida financeira saudável

4.   Planejamento do futuro

Quando a vida financeira está instável, parece impossível planejar o futuro. Isso porque ficamos muito mais preocupados em arcar com as contas do final do mês. Mas imagine só se você pudesse, não só honrar com todas as suas dívidas, como também investir e fazer a sua renda crescer.

Uma vida financeira saudável é o sonho de quase todas as pessoas, e ter metas e planos é muito importante para conseguir esse objetivo, pois te ajuda a ter um foco. Investir em educação financeira é essencial para transformar os sonhos em realidade.

Uma vida financeira saudável permite que você sonhe com planos futuros e possa, de fato, buscá-los.

5.   Redução do impacto de imprevistos e emergências

Um imprevisto, seja ele de qual natureza for, normalmente acaba impactando nas finanças. Emergências com a casa, o carro, ou até mesmo uma situação de saúde podem virar uma dor de cabeça ainda maior quando não temos dinheiro para lidar com o imprevisto.

Quando planejamos e organizamos o nosso dinheiro e temos reservas financeiras, é possível viver com muito mais tranquilidade sabendo que, caso seja necessário, temos recursos para nos amparar. Isso nos dá mais calma e segurança para lidar com situações de emergência adversas.

Tais circunstâncias reforçam ainda mais a importância de organizar as finanças e manter a vida financeira saudável, afinal, ninguém quer ser pego de surpresa e não ter como arcar com os gastos necessários.

Como quitar uma dívida e alcançar a vida financeira saudável

Se você já está endividado, o primeiro passo para alcançar uma vida financeira saudável é quitar as dívidas. Com a ajuda da Pherfiltec, você pode negociar as suas pendências e começar a planejar o seu futuro financeiro, sem sair de casa.

Quer ver como é fácil?

Clique e acesse o site da Pherfiltec e preencha o seu CPF para consultar as dívidas pendentes. Em seguida siga as instruções abaixo:

  • Consulte seu CPF;
  • Escolha a melhor proposta para o seu bolso;
  • Gere um boleto ou pague com cartão de crédito.

Depois de seguir esses 3 passos em nosso site, tudo o que você precisa fazer é pagar o seu acordo em dia! Viu como é simples? E então, que tal dar mais um passo rumo a uma vida financeira saudável?

Compartilhe:

Mais posts

Renda extra

Aprenda como fazer renda extra para quitar as dívidas

Ganhar um dinheirinho a mais é bom e todo mundo gosta, não é mesmo? A famosa renda extra pode servir para complementar o orçamento mensal, para investimentos no futuro e até para quitar aquela dívida que pesa no bolso. Encontrar novas formas de aumentar os ganhos pode ajudar a complementar o seu salário e organizar

Recuperar o crédito

Descubra como recuperar o crédito após limpar o nome

Estar com o nome sujo nos órgãos de proteção de crédito, como SPC e SERASA, pode ser uma grande dor de cabeça, mas também é uma situação passageira. Existem inúmeras formas de se organizar para limpar o nome e, assim, recuperar o crédito no mercado financeiro. Entretanto, a pergunta que muitos endividados se fazem é

Limpar o nome

Saia do vermelho: 5 dicas práticas para limpar o nome

A falta de conhecimento financeiro é um dos principais responsáveis pelo alto índice de endividamento no Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o número de endividados no país é o maior em 11 anos. O descontrole no orçamento pode virar uma bola de

Rolar para cima